Notícias do Front

Publicidade: "HOPE ENSINA" ensejou pedido de suspensão de propaganda ao CONAR
29/09/2011

 

"Hope ensina"

Secretaria de Políticas para as Mulheres pede suspensão da propaganda da Hope ao Conar

A marca Hope lançou recentemente a campanha da nova coleção de lingerie. No comercial, estrelado em três versões, a modelo Gisele Bundchen tem que contar ao marido que a mãe dela vai morar com eles, que ela bateu o carro e que estourou o cartão de crédito. Segundo a campanha "Hope ensina", dar a notícia de roupa está errado. O jeito certo é contar de lingerie. O comercial mobilizou a Secretaria de Políticas para Mulheres.

Segundo a Secretaria, diversas mulheres enviaram reclamações de indignação a respeito da propaganda. A SPM enviou então ofício Conar, pedindo a suspensão da propaganda, com base nos arts. 19 a 21 do Código Brasileiro de Auto-regulamentação Publicitária, e do art. 30, II, do Regimento Interno do Conselho de Ética - RICE. O outro ofício foi enviado ao diretor na Hope Lingerie, Sylvio Korytowski, manifestando repúdio à campanha.

Segundo a SPM, "a propaganda promove o reforço do esteriótipo equivocado da mulher como objeto sexual de seu marido e ignora os grande avanços que temos alcançado para desconstruir práticas e pensamentos sexistas. Também apresenta conteúdo discriminatório contra a mulher, infringindo os arts. 1° e 5° da Constituição Federal".

  • Veja abaixo os três vídeos da Campanha :

__________

 

Fonte: Migalhas