Notícias do Front

PUCRS está entre os 50 maiores solicitantes de patentes no Brasil
20/08/2011

Universidade está entre os 50 maiores solicitantes de patentes no Brasil

A PUCRS é uma das 50 maiores solicitantes de patentes no Brasil. O levantamento foi divulgado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), com as 50 instituições que mais fizeram os pedidos no Brasil no período entre 2004 e 2008. O ranking lista empresas com sede no Brasil, nas áreas de ensino e pesquisa, e pessoas físicas, bem como o número de patentes que elas depositaram durante os quatro anos. A PUCRS figura na 28ª colocação e é a única instituição de ensino superior privada na listagem.
O Inpi é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, responsável pela concessão de patentes, registros de desenhos industriais, registros de marcas, averbação de contratos de transferência de tecnologia, entre outros.

Os números da PUCRS até junho 2011
• 75 depósitos de patentes no Brasil
• 36 depósitos de patentes internacionais (duas foram concedidas no Estados Unidos, sendo que uma delas, também, na Coréia do Sul, China e Japão)
• 2 licenciamentos para um laboratório farmacêutico nacional
• 11 softwares registrados
• 48 marcas registradas da PUCRS
• 1 contrato de transferência de know how registrado

O que é patente? (dados do site www.inpi.gov.br)
A pesquisa e o desenvolvimento para elaboração de novos produtos (no sentido mais abrangente) requer, a maioria das vezes, grandes investimentos. Proteger esse produto através de uma patente significa prevenir-se de que competidores copiem e vendam esse produto a um preço mais baixo, uma vez que eles não foram onerados com os custos da pesquisa e desenvolvimento do produto. A proteção conferida pela patente é, portanto, um valioso e imprescindível instrumento para que a invenção e a criação industrializável se torne um investimento rentável.
Patente é um título de propriedade temporária sobre uma invenção ou modelo de utilidade, outorgados pelo Estado aos inventores ou autores ou outras pessoas físicas ou jurídicas detentoras de direitos sobre a criação. Em contrapartida, o inventor se obriga a revelar detalhadamente todo o conteúdo técnico da matéria protegida pela patente.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da PUCRS

 

Fonte: ETT/PUCRS