Notícias do Front

Direitos Autorais: evento em Canela, debate sobre o futuro do negócio musical
20/10/2010

Mistura de ritmos consagra a Festa Nacional da Música

Imagem da notícia: Mistura de ritmos consagra a Festa Nacional da Música

Durante três dias Canela se transformou na capital nacional da música, recebendo centenas de artistas, produtores, técnicos, autoridades, empresários e profissionais ligados ao mundo da música brasileira. Nesta edição da Festa Nacional da Música, a mistura de ritmos fez a alegria do evento, que contou com artistas de renome nacional, como: Fafá de Belém, Ivan Lins, Zezé Di Camargo e Luciano, Roberto Menescal, Tico Santa Cruz, Papas da Língua, Gaúcho da Fronteira, Renato Borghetti, Sérgio Reis, Gretchen, Fagner, Elba Ramalho, Sandra de Sá, Gian e Giovani, Cesar Menotti & Fabiano, Jair Rodrigues, Aline Barros, Ritchie, Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Belo, Margareth Menezes, Netinho, Babado Novo, Araketu, The Fevers, Ângela Maria, Marina Elali, Pepeu Gomes. A noite de segunda-feira (5) foi de confraternização no evento.

Este ano, 15 homenageados receberam troféus, entre cantores, produtores musicais, empresários e executivos de gravadoras. Um das participações mais alegres foi a de Jair Rodrigues. Homenageado na festa, o cantor comemora este ano cinco décadas de carreira e 70 anos, mas como gosta de ressaltar, “em plena forma”. Cantou três sucessos, “Triste Madrugada”, “Disparada” e “Deixa Isso Pra Lá”, acompanhado do músico Diego Figueiredo e, animado, subiu na mesa e fez o público cantar junto. Centenas de pessoas também compareceram no Centro de Feiras, na terça e quarta-feira, quando diversos artistas se apresentaram em um show aberto ao público. A primeira atração a subir no palco foi o grupo Tchê Guri, que cantou com Gretchen e Claus e Vanessa. O público foi a loucura quando a rainha do rebolado cantou o sucesso “Você Não Vale Nada Mas Eu Gosto de Você”. Fafá de Belém e a filha, Marina, emocionaram o público com “Nuvem de Lágrimas”.

Entre as atrações paralelas, debates sobre os rumos da categoria no país foram temas de palestras. Entre as discussões, esteve em pauta a questão dos direitos autorais, o andamento da chamada PEC da Música e o projeto vale-cultura. Outra atração foi o Gre-Nal dos artistas, quando cantores e músicos de todo o Brasil se reuniram para disputar o clássico do futebol gaúcho. Artistas como Fagner, Serginho Moah, George Israel e os guris do KLB vestiram as camisetas oficiais cedidas pelos dois times.

 

Fonte: Jornal de Canela