Notícias do Front

Propriedade Intelectual: Brasil e Coréia discutem "patentes verdes"
26/09/2010

Cooperação entre Brasil e Coréia inclui "patentes verdes", qualidade e pequenas empresas

O INPI e o Escritório Coreano de Propriedade Intelectual (KIPO) assinaram no dia 22 de setembro de 2010, em Genebra, na Suíça, um acordo de cooperação com foco na troca de experiências e na promoção da PI nos dois países. O acerto foi feito durante a Assembleia dos Estados-Membros da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), que ocorre entre os dias 20 e 29 de setembro.

Pelo acordo, que será detalhado nos próximos dias, Brasil e Coréia do Sul vão discutir temas como a classificação das chamadas "patentes verdes" (que visam ao uso de fontes de energia alternativas) e o controle de qualidade nas concessões de direitos.

Os dois países também vão discutir programas para que as pequenas e médias empresas usem cada vez mais o sistema de propriedade intelectual como diferencial competitivo.

Nos últimos anos, Brasil e Coréia ampliaram sua presença no sistema internacional de PI. Em patentes, por exemplo, as solicitações coreanas via tratado PCT subiram de 1.578 para 8.035 (variação de 409%) entre 2000 e 2009, enquanto as brasileiras cresceram de 178 para 493 (177% a mais) no mesmo período.

 

Fonte: INPI