Notícias do Front

Ambiente: Ilhas Galápagos deixam a Lista do Patrimônio Mundial em Perigo
29/07/2010

Galápagos - O arquipélago, no litoral do Equador, é formado por um conjunto de 58 ilhas e ganhou notoriedade ao servir de laboratório para o cientista Charles Darwin. Em 1978, o sítio passou a ser considerado Patrimônio Mundial Natural. Desde 2007 integrava a Lista do Patrimônio em Perigo.

Decisão tomada pelos representantes da 34ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial. A proposta para a retirada do bem partiu da delegação brasileira

Por 14 votos a cinco, e uma abstenção, o Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, presidido pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira, acaba de retirar as Ilhas Galápagos, no Equador, da Lista do Patrimônio Mundial em Perigo, onde estava desde o ano de 2007. A delegação brasileira, chefiada pelo presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan ), Luiz Fernando de Almeida, foi autora da proposta que solicitava a retirada.

“A Unesco analisou com profundidade e tivemos de ir para a votação, mas a maioria seguiu a moção brasileira, que liderou a articulação no Comitê, favorável à retirada do sítio equatoriano da sua condição de patrimônio ameaçado”, destacou o ministro Juca Ferreira que, em abril deste ano, visitou o Arquipélago de Galápagos e, na ocasião, indicou em seu relatório o caminho que acabou sendo seguido pelo Comitê.

O presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, ressaltou os avanços alcançados pelo Equador. “É importante reconhecer o esforço realizado pelo governo equatoriano para proteger e preservar esse patrimônio. E, diante da importância desse bem, não pudemos deixar de apoiar sua retirada da Lista de Patrimônio Mundial em Perigo”.

O Comitê do Patrimônio Mundial continua reunido para discutir a permanência e a retirada de outros bens da Lista do Patrimônio em Perigo e, ainda, a ingresso de novos sítios.

Lista do Patrimônio Mundial em Perigo

É a relação de bens que estão correndo risco iminente de degradação ou destruição ou ainda tenham sofrido danos significativos. É determinada pelo Comitê do Patrimônio Mundial, a partir da avaliação dos Relatórios Periódicos dos países, e tem por objetivo chamar a atenção mundial para os fatores que ameaçam as características dos bens inscritos. Enquanto estiver nessa lista, o sítio receberá atenção especial, de modo que a comunidade internacional tome medidas urgentes para a sua conservação.

Informações: (61) 2024-2407, na Comunicação Social/MinC.

 

 

Fonte: MinC